Dieta Dissociada

Como funciona a Dieta Dissociada?

Dieta Dissociada

Não misturar carboidratos e proteínas na mesma refeição. Esse é o conceito da Dieta Dissociada.

O cardápio da dieta deve ser seguido por três meses, podendo ser estendido por mais três caso o objetivo não seja alcançado.

Ao realizar a dieta não é permitido consumir na mesma refeição alimentos que possuem carboidratos como arroz, pães, bolo, biscoitos, farinhas, farelos e frutas, com alimentos protéicos como carnes, ovos, queijos, iogurtes, leites e leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha). Para acompanhar estes alimentos só é permitido consumir legumes e verduras.

A justificativa para a separação destes nutrientes utilizada pelos defensores da dieta é baseada na afirmação de que ao consumir estes alimentos juntos o corpo libera mais insulina, hormônio responsável pela inibição da enzima que realiza a quebra gorduras no organismo. Além disso, os defensores da dieta também afirmam que não separar estes alimentos compromete a saciedade, e promovem um esforço excessivo ao organismo que terá que produzir e liberar diferentes enzimas durante a digestão destes alimentos.

Os carboidratos devem ser consumidos no almoço e início do dia, para então fornecerem a energia necessária para realizar as atividades diárias. Já as proteínas devem ficar restritas ao jantar, pois no período noturno nosso metabolismo desacelera e o consumo desse nutriente ajuda também a promover a saciedade e evitar a compulsão alimentar normalmente relacionada a esse período do dia. Se os carboidratos forem consumidos no jantar, segundo os defensores da dieta eles serão armazenados e não gastos, pois o metabolismo está mais lento.

Vantagens da Dieta Dissociada

Não há drástica exclusão de alimentos da dieta, o importante é apenas não consumi-los juntos.

Desvantagens da Dieta Dissociada

Para ser considerada uma refeição saudável e equilibrada é importante que ocorra o consumo de alimentos de todos os grupos alimentares, visto que cada grupo está ligado ao fornecimento de um nutriente em especial ao corpo. O ideal é associar os alimentos dos diferentes grupos no momento de montar o prato.

Não há comprovação científica para a alegação de que o consumo destes alimentos juntos comprometa a saciedade, afinal a presença do alimento no estômago, em especial proteínas e fibras, após a refeição já promove a sensação de saciedade. Da mesma forma, não há evidências científicas que justifiquem a alegação de que a liberação de diferentes enzimas durante a absorção prejudique o emagrecimento.

Dieta Dissociada x Dieta e Saúde

  • Aprenderei a me alimentar corretamente?

    Dieta Dissociada: A dieta não ensina você a fazer escolhas alimentares apenas recomenda não misturar carboidratos e proteínas na mesma refeição. Ou seja, você não aprende a se alimentar com qualidade e equilíbrio.

    Dieta e Saúde: Com o Dieta e Saúde você aprende que consumir todos os tipos de alimentos é essencial para uma boa alimentação. Além disso, você aprende o valor desses alimentos na sua dieta e aprende a balancear as quantidades consumidas.

  • É fácil de seguir?

    Dieta Dissociada: A dieta interfere na sua rotina e você pode sentir dificuldades no momento de montar o seu prato. Toda mudança pode ser difícil de seguir e até mesmo interferir em seu humor.

    Dieta e Saúde: Você aprende de forma mais fácil e natural a controlar sua alimentação, respeitando e adaptando a sua rotina. Sem mudanças radicais e proibições, o que garante um emagrecimento saudável e duradouro. Você reeduca de verdade sua alimentação porque consegue ver seus erros e seus acertos e esse aprendizado é a para a vida toda.

  • O que terei a minha disposição?

    Dieta Dissociada: Com a Dieta Dissociada você terá somente as regras e cardápio, sendo assim não contará com ferramentas para te auxiliar no processo do emagrecimento e não consegue avaliar se está perdendo peso da maneira correta sem comprometer sua saúde.

    Dieta e Saúde: Diversas ferramentas que irão auxiliar no seu processo de emagrecimento. Por exemplo, o Contador de Pontos, a Análise Nutricional, a Comunidade e o Suporte Nutricional, assim você acompanha se está emagrecendo do jeito certo, ou seja, com saúde!.

  • Farei a dieta sozinho?

    Dieta Dissociada: Você irá contar apenas com o livro e com sites na internet, ou seja, fará tudo sozinho, o que pode dificultar seu desempenho durante a dieta.

    Dieta e Saúde: Com o Dieta e Saúde você não está sozinho. Somos a maior Comunidade online de emagrecimento do país. Você compartilha experiências, dicas, dificuldades com outras pessoas que têm o mesmo objetivo que você, tornando o processo de emagrecimento motivador.

  • Quem irá me acompanhar?

    Dieta Dissociada: Como a maioria das dietas da moda, a Dieta Dissociada é feita sem o acompanhamento de profissionais para tirar suas dúvidas e oferecer orientação.

    Dieta e Saúde: Nossa Dieta dos Pontos é feita por pessoas para pessoas. Você poderá contar com nosso suporte via chat ou e-mail com especialistas nas áreas de nutrição e atividade física.

  • O que vou comer?

    Dieta Dissociada: Como na dieta não é permitido consumir na mesma refeição carboidratos, como arroz, pães, bolo, biscoitos, farinhas, farelos e frutas, junto a proteínas como carnes, ovos, queijos, iogurtes, leites e leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha), para acompanhar estes alimentos é permitido consumir legumes e verduras.

    Dieta e Saúde: Nada de dar adeus aos seus pratos preferidos! Com a Dieta dos Pontos do Dieta e Saude você é quem decide o que vai comer. Por meio dos pontos dos alimentos, você saberá fazer sempre as melhores escolhas.