Dieta do Arroz

Como funciona a Dieta do Arroz?

Dieta do Arroz

Contrariando a maiorias dos tipos de dietas destinadas a quem deseja perder peso, a Dieta do Arroz não restringe os carboidratos, ao contrário privilegia o consumo de cereais, assim como frutas, legumes e verduras.

Dentro do cardápio da dieta o arroz, em sua forma integral é sugerido no almoço e no jantar e, substituído por outras fontes de carboidratos como milho, aveia, farinha da mandioca e linhaça nas demais refeições.

O princípio da dieta baseia-se no fato do arroz ser um alimento com pouca quantidade de sódio e gorduras, e em especial no caso do integral boas quantidades de proteínas e potássio, favorecendo dessa maneira o processo de emagrecimento. Além disso, o arroz integral por ser rico em fibras auxilia a manter o trânsito intestinal, evitando assim quadros de constipação que pode também influenciar no peso corporal do indivíduo.

A dieta é divida em três fases. Na primeira o consumo de sal, proteínas e gorduras é restringido com o objetivo de promover uma desintoxicação do organismo. Já na segunda fase espera-se preparar o corpo para a perda de peso e a terceira fase corresponde à manutenção do peso atingido.

A Dieta possui ainda uma versão lacto vegetariana que é intercalada com a Dieta tradicional durante suas fases. Na Dieta do Arroz lacto vegetariana, as carnes e ovos são excluídos sendo permitidos apenas os produtos lácteos desnatados ou light como fontes de proteínas nesse período.

As três fases da Dieta do Arroz são:

Fase de Desintoxicação: Essa fase tem duração de uma semana. No primeiro dia deve-se seguir a Dieta do Arroz tradicional com os cereais, frutas, legumes e verduras e nos seis dias restantes recomenda-se seguir a Dieta do Arroz Lacto vegetariana, onde são incluídas as leguminosas (ex. feijões, soja, lentilha) e produtos lácteos como leite desnatado, queijo branco ou iogurte desnatado ou light. Durante essa fase recomenda-se eliminar totalmente o sal da alimentação, ou consumi-lo de maneira a não ultrapassar de 300 a 500mg diárias de sódio.

Fase de Perda de Peso: Assim como na fase anterior, a Fase de Perda de Peso no primeiro dia a Dieta do Arroz tradicional deve ser seguida e nos seis dias seguintes da semana, novamente recomenda-se seguir a Dieta do Arroz Lacto vegetariana, contudo deve-se incluir uma porção de peixe, frango, ovos ou carne magra em um dos seis dias. Essa fase deve ser mantida até que se atinja o peso desejado. O consumo de sódio ainda não deve ultrapassar 300 a 500mg ao dia.

Fase de Manutenção: Nessa fase recomenda-se seguir a Dieta do Arroz tradicional no primeiro dia, e a Dieta do Arroz Lacto vegetariana nos seis dias restantes. A inclusão de uma porção de proteínas magras passa a ser permitida em dois dias da semana. Já o consumo de sódio permitido passa para 500 a 1000mg diários.

Vantagens da Dieta do Arroz

A dieta estimula o consumo de cereais integrais, frutas, legumes e verduras. Estes alimentos são ricos em vitaminas e minerais, assim como possuem alto teor de fibras alimentares que auxiliam na manutenção do trânsito intestinal e na promoção da saciedade.

Desvantagens da Dieta do Arroz

Ao realizar dietas nas quais algum grupo alimentar é suprimido, como ocorre com os grupos de carnes e ovos na Dieta do Arroz, mesmo que por um período determinado, o consumo de alguns nutrientes pode ser afetado.

O cardápio proposto pela Dieta do Arroz é rico em vitaminas e minerais, devido à grande quantidade de frutas, legumes e verduras sugeridas, porém é pobre em proteínas e gorduras. A restrição de carnes e ovos pode comprometer o fornecimento de aminoácidos e proteínas ao organismo, assim com comprometer a adequada ingestão de ferro, zinco e vitamina B12 nutrientes essenciais e encontrados nesse grupo de alimentos.Restringir drasticamente as gorduras pode também prejudicar a absorção e o transporte de vitaminas lipossolúveis.

O sódio em excesso pode levar ao aumento da pressão arterial e contribuir para a retenção de líquidos, porém uma drástica restrição deste mineral, por longos períodos, como é proposto pela dieta não é recomendado. O sódio atua na manutenção do equilíbrio hidroeletrolítico do organismo e na transmissão de impulsos nervosos entre neurônios, restringir o sódio pode prejudicar essas funções.

A Dieta do Arroz pode se tornar uma dieta monótona quando seguida por longos períodos, pois os alimentos que a compõem acabam se repetindo em especial o próprio arroz, consumido todos os dias da dieta. A monotonia, além de prejudicar a adesão à dieta, também afeta a variedade de nutrientes consumidos prejudicando a qualidade da alimentação.

A dieta não transmite a seus adeptos os conceitos de uma alimentação saudável, ou seja, não promove uma reeducação alimentar. Apesar da fase de manutenção permitir a volta dos alimentos proteicos, mudanças de hábitos alimentares não são transmitidas comprometendo a manutenção do peso atingido. 

Dieta do Arroz x Dieta e Saúde

  • Aprenderei a me alimentar corretamente?

    Dieta do Arroz: Embora a dieta incentive o consumo de cereais integrais, como o arroz integral, além de frutas, legumes e verduras, é uma dieta pobre em proteínas e gorduras, já que em algumas fases é restringido o consumo de ovos e carnes. Essa restrição não incentiva a reeducação alimentar.

    Dieta e Saúde: Com o Dieta e Saúde você aprende que consumir todos os tipos de alimentos é essencial para uma boa alimentação. Além disso, você aprende o valor desses alimentos na sua dieta e aprende a balancear as quantidades consumidas

  • É fácil de seguir?

    Dieta do Arroz: A Dieta do Arroz é bastante monótona, podendo dificultar a aderência. A exclusão de carnes e ovos é outro fator que torna a dieta difícil de ser seguida.

    Dieta e Saúde: Você aprende de forma mais fácil e natural a controlar sua alimentação, respeitando e adaptando a sua rotina. Sem mudanças radicais e proibições, o que garante um emagrecimento saudável e duradouro. Você reeduca de verdade sua alimentação porque consegue ver seus erros e seus acertos e esse aprendizado é a para a vida toda.

  • O que terei a minha disposição?

    Dieta do Arroz: Como na maioria das dietas restritivas, para fazer a Dieta do Arroz, você não conta com recursos e ferramentas para te auxiliarão no processo do emagrecimento.

    Dieta e Saúde: Diversas ferramentas que irão auxiliar no seu processo de emagrecimento. Por exemplo, o Contador de Pontos, a Análise Nutricional, a Comunidade e o Suporte Nutricional, assim você acompanha se está emagrecendo do jeito certo, ou seja, com saúde!

  • Farei a dieta sozinho?

    Dieta do Arroz: Com a Dieta do Arroz, bem como ocorre com as outras dietas da moda, você lê o cardápio e as regras e faz tudo sozinho, o que torna mais difícil sua adaptação a rotina alimentar da dieta.

    Dieta e Saúde: Com o Dieta e Saúde você não está sozinho. Somos a maior Comunidade online de emagrecimento do país. Você compartilha experiências, dicas, dificuldades com outras pessoas que têm o mesmo objetivo que você, tornando o processo de emagrecimento motivador.

  • Quem irá me acompanhar?

    Dieta do Arroz: A Dieta do Arroz é realizada sem o acompanhamento de profissionais.

    Dieta e Saúde: Nossa Dieta dos Pontos é feita por pessoas para pessoas. Você poderá contar com nosso suporte via chat ou e-mail com especialistas nas áreas de nutrição e atividade física.

  • O que vou comer?

    Dieta do Arroz: Na Dieta do Arroz você se alimentará com cereais, frutas, verduras, legumes, leguminosas e produtos lácteos desnatados. Ocorre a exclusão de carnes e ovos.

    Dieta e Saúde: Nada de dar adeus aos seus pratos preferidos! Com a Dieta dos Pontos do Dieta e Saude você é quem decide o que vai comer. Por meio dos pontos dos alimentos, você saberá fazer sempre as melhores escolhas.