Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato

Como funciona a Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato?

Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato

Ultimamente, o carboidrato tem sido visto como o grande vilão das dietas da moda. Com isso, as Dietas Low Carb estão ganhando cada vez mais seguidores. Há muitos tipos de dietas de baixo carboidrato como: a Dieta Atkins; a primeira fase da Dieta Dukan; a Dieta Paleolítica.

As Dietas Low Carb apresentam maior quantidade de gorduras do que proteínas e, claro, de carboidratos. A lógica dessa composição é que quanto menor a quantidade de insulina liberada, menor será o acúmulo de gordura corporal. Para quem não sabe, a insulina é um hormônio que favorece o ganho de peso, e a sua liberação no organismo acontece quando consumimos carboidratos.

Em uma dieta onde não há restrição de carboidratos, a quantidade desse macronutriente varia de 50% a 60% das calorias totais da alimentação. Isso significa que uma alimentação com 2000 calorias contém cerca de 250g a 300g de carboidratos. Já as Dietas Low Carb costumam ficar entre 20g a 100g - quantidades muito restritivas quando comparadas à recomendação que é feita para esse nutriente.

Sendo assim, os alimentos ricos em carboidrato são restringidos: arroz; batata; mandioca; grãos; farináceos com glúten como, por exemplo, a farinha de trigo; pão; macarrão; bolos tradicionais e outros! Frutas também estão restritas, principalmente, frutas vermelhas, como morango, mirtilo, framboesa e amora. Além desses alimentos, aqueles que são ultraprocessados também devem ser excluídos do cardápio como, por exemplo, bolachas, sopas desidratadas, salgadinhos, congelados (nugget, pizza, massa, pratos prontos), temperos, molhos prontos e sanduíches de fast food.

Vantagens da Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato

Uma vez que pode-se comer de tudo que não esteja na lista dos alimentos não permitidos, temos uma sensação de se tratar de uma dieta sem restrições. Pode ser interessante para pessoas que apresentam síndrome metabólica, resistência à insulina, diabetes e excesso de peso. Vale lembrar que existem níveis de restrição de carboidratos e, por isso, se você tem uma das condições citadas é fundamental que a alimentação seja validada e indicada por um nutricionista e que esteja em acompanhamento com um médico especialista.

Desvantagens da Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato

As restrições não levam à mudanças efetivas na qualidade da alimentação e na redução do peso. Sendo assim, ou se desiste fácil da dieta ou, ao atingir o peso desejado, há ganho de peso novamente, já que não houve uma reeducação alimentar. Vale lembrar que a restrição e a exclusão de alimentos levam à fissura alimentar que irá acarretar em um excesso e, até mesmo, em um episódio compulsivo. Esse quadro traz consequências para a motivação e para a autopercepção do corpo, além de impactar no humor.

Seguir dietas com alta restrição de carboidratos traz alguns sintomas, entre eles: tonturas, dor de cabeça, desidratação, fraqueza e intestino preso.

Embora pareça vantajosa, à primeira vista, por causa da perda de peso mostrada na balança, é importante lembrar que essa redução é devida à grande eliminação de água.

Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato x Dieta e Saúde

  • Aprenderei a me alimentar corretamente?

    Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato: dietas cheias de regras e de restrições não incentivam a autonomia alimentar. Isso significa que quando atingir o peso desejado, não saberá como continuar a alimentação para manter o peso alcançado e, dessa maneira, volta-se a engordar. Além disso, excluir alimentos não incentiva a entender como e por que determinadas escolhas são feitas para, depois, melhora-las. Vale, também, ressaltar que uma alimentação equilibrada não exclui alimentos, mas incentiva a melhorar a relação com eles, entendendo a frequência e a quantidade que os alimentos devem ser consumidos.

    Dieta e Saúde: Com o Dieta e Saúde você aprende que consumir todos os tipos de alimentos é essencial para uma boa alimentação. Além disso, você aprende o valor desses alimentos na sua dieta e aprende a balancear as quantidades consumidas.

  • É fácil de seguir?

    Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato: Dietas que não respeitam os significados dos alimentos, tanto culturais quanto sociais, tornam o engajamento a elas muito difíceis. Além disso, elas não respeitam as preferências alimentares, a rotina e os compromissos sociais. Devido à elevada restrição alimentar, há alteração do humor e aumento do estresse. Todas essas características e alterações tornam a dieta muito difícil de seguir.

    Dieta e Saúde: A Dieta dos Pontos do Dieta e Saúde não exige que você mude radicalmente sua rotina e nem abra mão dos alimentos que está acostumado a consumir. A sua consciência alimentar é desenvolvida naturalmente, o que torna a reeducação alimentar uma dieta mais fácil de ser seguida e mantida.

  • O que terei a minha disposição?

    Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato: Nessa dieta, o emagrecimento é feito por conta própria e terá, como guia, livros ou conteúdos encontrados na internet. Basicamente, terá uma lista dos alimentos permitidos e proibidos e, a partir dela, deverá elaborar as suas refeições.

    Dieta e Saúde: O Dieta e Saúde te oferece ferramentas que permitem acompanhar a evolução do seu emagrecimento no dia-a-dia e por ser 100% online, você pode acessar sua página a qualquer momento. Conte com: Contador de Pontos, a Análise Nutricional, a Comunidade e o Suporte Nutricional e emagreça com saúde.

  • Farei a dieta sozinho?

    Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato: não oferecem, por si só, e nem incentivam uma comunidade ou, ainda, não indicam pessoas que possam auxiliar. Dessa maneira, a dieta e a busca por informações deverá ser feita individualmente, por conta própria.

    Dieta e Saúde: Emagrecer na companhia de amigos é bem melhor, não é mesmo? No Dieta e Saúde você encontra a maior Comunidade online de emagrecimento do país. É um ótimo modo de compartilhar experiências e dicas com quem quer o mesmo que você: emagrecer! Quem participa ativamente da Comunidade emagrece até 5 vezes mais do que quem não participa.

  • Quem irá me acompanhar?

    Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato: como qualquer dieta que é vendida em livrarias, não há acompanhamento individualizado. Por isso, o Dieta e Saúde recomenda fortemente que, se pretende seguir qualquer dieta, é importante consultar um nutricionista e ter opiniões de especialistas na área para alertar sobre os possíveis riscos de segui-la.

    Dieta e Saúde: Nossa Dieta dos Pontos é feita por pessoas para pessoas. Nossa metodologia foi criada por diversos especialistas coordenados pela nutricionista-chefe do Dieta e Saúde, a Dra. Roberta Stella e você poderá contar com nosso suporte via chat ou e-mail com especialistas nas áreas de nutrição e atividade física.

  • O que vou comer?

    Dietas Low Carb ou de baixo carboidrato: carnes, peixes, ovos, verduras, legumes, oleaginosas (nozes, castanhas, avelãs, amêndoas), derivados do leite fermentados e/ou com alta quantidade de gorduras (iogurte natural, queijos amarelos, manteiga, nata), óleo de coco, azeite de oliva, banha. Esses são os alimentos que compõem a base da alimentação lowcarb.

    Dieta e Saúde: Nada de dar adeus aos seus pratos preferidos! Com a Dieta dos Pontos do Dieta e Saúde você é quem decide o que vai comer. Por meio dos pontos dos alimentos, você saberá fazer sempre as melhores escolhas.