Encontre a motivação de que precisa para emagrecer

Confira as dicas de como aumentar a força de vontade e mudar seus hábitos

tamanho da letra - +

Publicado em 26/02/2015

 Você, enfim, decidiu mudar seus hábitos alimentares, emagrecer e começar um exercício físico. Porém, depois de um tempo seguindo a reeducação alimentar, começa a se sentir perdido e sem aquele entusiasmo inicial.

Todo mundo passa por isso em algum momento da vida -- às vezes, com mais frequência do que se deseja. Mas a verdade é que a motivação também tem seus altos e baixos.

Por isso, nossos especialistas separaram dicas simples e práticas para exercitar a força de vontade e continuar firme na sua meta! ;)

Por que você quer emagrecer?
Entrar no vestido de noiva? Fazer bonito no próximo verão? Reconquistar sua autoestima? Mais saúde? Seja qual for seu objetivo é essencial conhecê-lo.

Aproveite e reflita se isso só depende de você e quando, exatamente, quer que isso aconteça (escolha uma data) e se pretende alcançar na companhia de alguém em especial ou mesmo sozinho. Assim, vai caminhando e traçando os caminhos que o levarão ao seu destino.

Imagine se você pega um táxi e, quando o motorista pergunta para onde quer ir, você simplesmente não sabe? O destino pode ser bastante incerto. Então, vale a pena conhecer seus propósitos.

Avalie seu grau de comprometimento em alcançar a meta de emagrecer.
Reflita sobre cada parte de sua reeducação alimentar. Como anda o consumo de cereais integrais, por exemplo? E a prática de exercícios? 



Não se esqueça de dar atenção especial àqueles detalhes que geram certa frustração. Qual sua satisfação com relação a cada um? De zero a dez, que nota você daria? O que é possível fazer para que essa nota aumente? Pense porque essas áreas da sua vida estão com notas tão baixas. Foi falta de organizar sua agenda, de disciplina, planejamento, preguiça? Ao identificar esses fatores será possível saber onde aprimorar suas forças e superar a falha. 

Você quer emagrecer ou ser emagrecido?
Muitas pessoas esperam emagrecer apenas tomando remédio, fazendo cirurgia, frequentando academia uma vez por semana, incluindo salada no prato ou conversando com o nutri. Essa é a postura dos que esperam ser ?emagrecidos?.

Na realidade, com esse modo de pensar, você entrega o controle da evolução de peso para os outros. Tenha em mente que você é o agente de sua mudança!

Querer emagrecer é colocar a mão na massa e entender que o maior beneficiado com a mudança é você mesmo. É reconhecer a necessidade de mudança, encarar o desafio e tentar colocar em prática uma mudança de cada vez para manter-se firme nos seus objetivos.

Será que tem alguma vantagem em permanecer acima do peso?
Parece uma pergunta maluca, mas não é, não! Muitas vezes, lá no fundo, tem algo de bom em permanecer como está agora. Por exemplo, a sensação de que tem alguém, como a mãe, um amigo ou o nutri ?cuidando de você?. Ou, ainda, pode ser que a comida sirva de único agrado que você consegue proporcionar a si mesmo e, por isso, abrir mão disso pode ser um desafio que impede você de emagrecer.

Livre-se dos pensamentos automáticos que impedem seu emagrecimento.
Por mais que pensamentos automáticos sejam importantes e normais, muitas vezes eles são criados para boicotarem a reeducação alimentar. Alguns exemplos: ?ir ao rodízio e comer pouco é desperdício, tenho que fazer meu dinheiro valer a pena?; ?não posso começar a dieta no final de semana, na segunda-feira eu começo?; ?emagrecer é difícil demais, vou ter que comprar comida cara e pagar academia?; ?para que emagrecer, se as pessoas gostam de mim do jeito que sou?; ?pouca comida é coisa de gente pão-duro?. Tenha em mente que mudar crenças assim é algo que parece fácil, mas é preciso arrancar todas as raízes, senão, nada muda.

Por fim? Faça o que deixa você feliz!
Não há nada melhor do que a sensação de felicidade e bem-estar. Por isso, uma das formas de obter motivação e superar o desânimo é fazendo atividades prazerosas. Escute suas músicas preferidas, faça caminhadas no parque, vá à praia, ao cinema e ao teatro, saia com os amigos e familiares, enfim, vale tudo para se divertir!

Não existe ninguém melhor do que você para saber sobre si. Então, faça uma listinha e coloque em ordem, de um a dez, as atividades que mais lhe agradam. Depois, faça o possível para realizá-las, registre esses momentos com fotos e compartilhe com seus amigos e também na Comunidade DS. Depois de uma maratona de felicidade, não há mais razão para ficar baixo-astral.

Conquistar a motivação é mais simples do que parece, porém, antes de tudo, você deve descobrir aquilo que o faz se sentir bem. Seja uma nova profissão, a convivência com a família, os ambientes que frequenta, a companhia dos amigos. Esse autoconhecimento permite grandes descobertas e aprendizados, além de garantir que você renove sua motivação sempre.

Ana Carolina Icó
Nutricionista
CRN-3: 34133