Avaliação física revela o treino ideal para você

Ela precisa ser refeita a cada seis meses para medir o progresso do seu desempenho

tamanho da letra - +

Publicado em 03/11/2011

Quando você decide fazer exercícios físicos, o primeiro passo é realizar uma avaliação. "O exame é importante e embasa o programa de treino que o aluno irá seguir", afirma a personal trainer do Dieta e Saúde, Valéria Alvim.

Quanto maior o número de informações do aluno, mais personalizada será a planilha de treinos, levando em conta a capacidade individual de cada um. Entre as avaliações, destaca-se a importância de dois testes: o ergométrico e o ergoespirométrico.

"O teste ergométrico faz uma avaliação do funcionamento do coração, com a ajuda de um eletrocardiograma", afirma Valéria. O exame ainda identifica problemas cardíacos, de pressão e o funcionamento do sistema cardiovascular como um todo. Deve ser realizado por um cardiologista e, geralmente, é feito numa esteira elétrica. Mas uma bicicleta ergométrica também pode ser usada.

Já o teste ergoespirométrico avalia o potencial aeróbio, a zona de treinamento aeróbio, o limiar ventilatório I e limiar ventilatório II, além do volume máximo de oxigênio. Os resultados apontam os limites de um treino leve, moderado e forte ou intenso. "Assim, o aluno pode treinar com segurança e medir os progressos", afirma a personal trainer. O teste ergoespirométrico deve ser realizado simultaneamente ao ergométrico e depende de uma máscara com analisador de oxigênio e sensor que detecta as variáveis ventilatórias. Todos os testes devem ser realizados a cada seis meses, em média.
A seguir, ela lista alguns dos benéficos da avaliação física:



- Avalia o seu condicionamento físico antes e durante o programa de treinos;
- Analisa o funcionamento do seu coração, da sua pressão arterial, limiares aeróbio, anaeróbio, volume de oxigênio, entre outros fatores;
- Auxilia na montagem de um programa de treino seguro para sua saúde e eficiente para alcançar os seus objetivos;
- Avalia a sua postura;
- Avalia a flexibilidade, a resistência muscular localizada, a potência, o equilíbrio e a força;
- Obtém medidas antropométricas, como porcentagem de gordura, de vísceras, ossos, músculos (por meio de dobras cutâneas ou da bioimpedância com corrente elétrica).

Valéria Alvim
Personal trainer Dieta e Saúde