Força de vontade diminui ao longo do dia, diz estudo.

Fator influencia na falta de motivação em ir para à academia após um dia inteiro

tamanho da letra - +

Publicado em 27/10/2011

Um estudo recente publicado no periódico Psychology and Health sugere que o grande culpado da falta de motivação para frequentar a academia é a força de vontade. E, mais do que isso, tirar o foco da atividade física é o que compromete o processo para que a prática de exercícios se torne uma rotina pois, segundo o estudo, a "quantidade" de força de vontade é limitada para cada dia e, se for desviada para outra coisa, é perdida.

 

Os pesquisadores avaliaram 61 estudantes universitários, que não possuíam uma regularidade em atividades físicas, em exames que não envolviam exercícios mecânicos. O primeiro foi o teste conhecido como Stroop, com o objetivo de diagnosticar a quantidade de força de vontade. O teste foi baseado em nomes de cores pintados com cores diferentes. Por exemplo, a palavra azul pintada de vermelho. Segundo os pesquisadores, dizer qual a cor que a palavra está pintada e não ler a palavra em si requer extrema força de vontade.

 

Após esse teste, os estudantes foram submetidos à uma segunda parte de exercícios envolvendo o mesmo teste e, como os pesquisadores suspeitavam, aqueles que apresentaram grande força de vontade na identificação das cores não tiveram o mesmo desempenho do que aqueles que não haviam feito o teste inicial.

 

De acordo com os pesquisadores da Universidade de McMaster, em Ontário, quando se usa a força de vontade para outras situações, como resistir à tentação de comer um doce, o "estoque" dela diminui e deixar para ir à academia no fim do dia acaba se tornando algo totalmente desmotivador.